ITEGO CENTRO DE EXCELÊNCIA EM INOVAÇÃO – ESCOLA DO FUTURO

 Os ITEGO José Luiz Bittencourt (Goiânia), ITEGO Raul Brandão de Castro (Mineiros), ITEGO Sarah Luísa Lemos Kubitschek de Oliveira (Santo Antônio do Descoberto), ITEGO Paulo Renato de Souza (Valparaíso de Goiás), ITEGO Dirceu Ferreira de Araújo (Planaltina) e ITEGO em Artes Basileu França (Goiânia), será estruturado para se tornar um Centro de Excelência em Inovação, no qual além do laboratório criativo “Real Lab”, receberá também, um laboratório de TV-WEB, laboratório STEAM, e ambientes de inovação próprio para coworking, incubadora e startups.

 Proposta de trabalho destes ITEGOs, deverão atender as demandas inerentes às tecnologias inovadoras, tais como: Inteligência Artificial, Internet das Coisas, BigData, robótica, STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), dentre outras, para fomentar o desenvolvimento e construção de uma articulação e interação das demandas da Indústria 4.0 com as da Educação 4.0.

 As ações desenvolvidas nesse instituto subsidiarão a elaboração, desenvolvimento e disseminação de propostas pedagógicas inovadoras, produção de materiais e soluções para combinar a relação teoria e prática em sala de aula e ambientes educativos, utilizando os conceitos e modelagens das metodologias ativas, ágeis e tecnologias exponenciais, ainda, deve ter em seu radar de atuação o papel de atuar na formação dos formadores que farão uso dessas metodologias em toda a Rede ITEGO.

Para o desenvolvimento das atividades de inovação tecnológica, as Escolas do Futuro terão Núcleos de Inovação Tecnológica e Centros de Inovação Tecnológica levando em consideração as potencialidades das regiões onde estão inseridas, sendo responsável por: identificar e explorar o potencial inovativo da região, atrair talentos e colaborar para a geração de empregos qualificados e fomentar o investimento social como “esperança” de desenvolvimento regional.

Ainda, será responsável por promover e comunicar atividades de inovação, disseminando o conhecimento para empresas e atores diversos, ou seja, fomento a cultura de inovação e empreendedorismo. As Escolas do Futuro terão papel de pré incubação, dedicada a apoiar o desenvolvimento inicial de novos negócios inovadores (startups e incubadoras), por meio de um processo estruturado, com tempo determinado, que inclui a seleção, capacitação, mentorias, oportunidades de acesso a mercados, infraestrutura e serviços de apoio.

 Fará o fomento a Rede, criando alianças e sinergias entre empresas, empreendedores, investidores e pesquisa científica nas universidades, encorajando encontros que gerem redes de relacionamento e discussões pertinentes aos interesses da iniciativa privada, universidade, dentre outros atores do ecossistema de inovação.

Com foco em atividades relacionada à demanda da região, porém sem restringir as ações à sua localidade e, ou cidade, as Escolas do Futuro oferecerão uma infraestrutura alinhada às especialidades de seus usuários com a disponibilização de espaços para instalação de incubadoras de empresas, startups e coworking.

Os coworkings oferecerão instalações, serviços e recursos compartilhados para as empresas incubadas e startups, como: 

espaços de trabalho, salas de conferência com valores de aluguéis abaixo do preço de mercado e outras facilidades específicas;

serviços de secretariado, seleção e avaliação de inovações, aconselhamentos, mentorias e suporte técnico qualificado;

consultorias variadas, como por exemplo, gestão de projeto e produtos, marketing, comercialização, propriedade intelectual, transferência de tecnologia. 


Para as empresas incubadas e startups serão oferecidos por um tempo determinado, estrutura física e logística para sua instalação, dispondo de uma equipe técnica para dar suporte e consultoria, para desenvolverem produtos com alta qualidade e tecnologia. 

A incubadora das Escolas do Futuro será um ambiente estruturado especialmente para abrigar empresas cujos produtos, processos ou serviços são gerados a partir de resultados de pesquisas aplicadas, e nos quais a tecnologia representa alto valor agregado, sendo o público alvo constituído por estudantes, cientistas, empreendedores, empresas que desejam desenvolver novos projetos, produtos e serviços baseados em tecnologia inovadora.

Para a criação de um ambiente propício a inovação serão firmados convênios ou termos de cooperação com diversas instituições comprometidas com o desenvolvimento da região, com universidades, institutos de pesquisa, empresas de fomento, prefeituras e empresas.

Será desenvolvido um programa de pré incubação com o propósito de auxiliar os empreendedores na maturação de seus negócios, por meio de ações que permitam adquirir conhecimentos e desenvolver habilidades de gestão empresarial, bem como conferir ao empreendimento características fundamentais à competitividade, produzindo-se ao final do programa de incubação, empresas financeiramente viáveis, com gestão adequada e bem posicionadas em seus mercados de atuação.

O programa de incubação contribuirá para o desenvolvimento local sustentável, tendo em vista o apoio a criação e o crescimento de empresas mais competitivas, tendo como principais diferenciais a qualificação do quadro funcional e a inovação.

Última atualização: quarta, 1 Jul 2020, 18:57