Caderno Didático de Tratamento de Água e Hidráulica (REDE ITEGO)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Robson de Almeida Vilela

Resumo

A presença da hidráulica é bastante presente em nosso cotdiano, por meio da captação e posterior distribuição da água, que é essencial para a manutenção da vida e das diversas atvidades industriais envolvidas com o progresso social e econômico da sociedade. Reconhecer os principais processos e toda a dinâmica que faz parte do processo de tratamento de água, é um fator diferencial nas competências exigidas para o exercício das funções rotneiras do profssional de meio ambiente, além de fomentar a identfcação de oportunidades para a conservação dos recursos naturais e a prátca constante dos preceitos da sustentabilidade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Vilela, R. (2020). Caderno Didático de Tratamento de Água e Hidráulica (REDE ITEGO). Cadernos REDE ITEGO, 1(1). Recuperado de https://www.ead.go.gov.br/cadernos/index.php/CDP/article/view/550
Seção
Cadernos REDE ITEGO

Referências

ACOSTA, Simone Massulini. Medição de Temperatura. Disponível em: .Acesso em: 15 jul. 2019.
AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS (Brasil). Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil 2018: informe anual / Agên- cia Nacional de Águas. – Brasília: ANA, 2018.
BAPTISTA, Márcio Benedito; COELHO, Márcia Maria Lara Pinto. Fundamentos de Engenharia Hidráulica. – 3. ed. – Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.
BARROS, R. T. V. et al. Saneamento. Belo Horizonte: Escola de Engenharia da UFMG, 1995.
BRASIL. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Manual de Controle da Qualidade de Controle da Qualidade da Água para Técnicos que Trabalham em ETAS/Ministério da Saúde, Fundação Nacional de Saúde. – Brasília: Funasa, 2014.
BRASIL. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Manual de Fluoretação da água para consumo hu- mano/ Fundação Nacional de Saúde. – Brasília: Funasa, 2012.
BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria N° 2.914 de 12 de Dezembro de 2011. Disponível em: .Acesso em: 03 ago. 2019.
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boas prátcas no abastecimento de água: pro- cedimentos para a minimização de riscos à saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde, 2006.
Companhia Espírito Santense de Saneamento. Apostla Tratamento de Água. Disponível em: .Acesso em: 15 jul. 2019.
Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução Conama n° 357, de 17 de março de 2005. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2019.
EOSCONSULTORES.COM.BR. Sistema de Abastecimento de Água: funcionamento e projeção. Disponível em: . Acesso em: 16 jul. 2019.
GUEDES,HugoAlexandreSoares.Adutoras.Disponívelem: Aula-5-Adutoras.pdf>. Acesso em: 19 jul. 2019.
Insttuto Mauro Borges de Estatstcas e Estudos Socioeconômicos. Goiás: Visão Geral. Disponível em: www.imb.go.gov.br/fles/docs/publicacoes/goias-visao-geral/goias-visao-geral.pdf>.Acesso em: 12 jul. 2019.
MINISTERIO DA SAUDE. Portaria N° 2.914, de 12 de dezembro de 2011. Disponível em: .Acesso em: 16 jul. 2019.
MINISTERIO DO MEIO AMBIENTE. Água: um recurso cada vez mais ameaçado. Disponível em: . Acesso em: 09 julho de 2019.
PORDEUS, Roberto Vieira. Fenômenos de Transporte: considerações e propriedades dos fuidos. Disponível em:
.Acesso em:
12 julho de 2019.
PORTALPNQA.ANA.GOV.BR. O que é PNQA? Disponível em:. Acesso
em: 29 jul. 2019.
Portaria nº 635, de 26 de dezembro de 1975. Aprova normas e padrões sobrefuoretação da água dos sistemas públicos de abastecimento, destnada ao consumohumano. Diário Ofcial da União. Brasília, 26 dez. 1975b.
RENNÓ, Camila Daleles; BORNA, Laura de Simone. Processos Hidrológicos. Disponível em: . Acesso em: 05 ago. 2019.
RICHTER, Carlos A. Água: métodos e tecnologia de tratamento. São Paulo: Editora Blucher, 2009.
ROUSE, H.; INCE, S. History of Hydraulics. New York: Dover Publicatons Inc., 1957. 269p.
SANEAMENTOBASICO.COM.BR. Conheça o sistema de gestão da água subterrânea da antga civilização persa. Disponível em: -da-antga-civilizacao-persa/>. Acesso em 30 junho de 2019.
SOARES, Homero. Hidráulica Geral (ESA024). Juiz de Fora: Universidade Federal de Juiz de Fora, 2014.
TODAMATERIA.COM.BR. Princípio de Pascal. Disponível em: -pascal/>. Acesso em: 14 jul. 2019.
TRATAMENTODEAGUA.COM.BR. Qualidade da Água. Disponível em: .Acesso em: 29 jul. 2019.